• A QUEDA – ALBERT CAMUS:

    Por: Juliana Vannucchi “Mas aí está, não se tem certeza, nunca se tem certeza.” (CAMUS, 2017, p.56). A Queda (originalmente, em francês “La Chute”) é uma das várias aclamadas e notáveis obras literárias escritas pelo pensador argelino Albert Camus. O livro foi originalmente publicado em 1956 e atualmente continua fazendo sucesso e sendo constantemente lançado

  • O ESTRANGEIRO – ALBERT CAMUS:

    Por: Juliana Vannucchi O Estrangeiro é um romance filosófico responsável por render grande reconhecimento ao escritor e pensador argelino, Albert Camus. Foi publicado pela primeira vez em 1942 e traduzido em mais de 40 idiomas. Essa obra merece especial atenção por sua profundidade filosófica e, de preferência, antes de lê-la, é válido ter contato com

  • SOBRE A BREVIDADE DA VIDA – Sêneca:

    Por: Juliana Vannucchi “A vida, se bem empregada, é suficientemente longa e nos foi dada com muita generosidade para a realização de importantes tarefas.”- Sêneca.  “Sobre a Brevidade da Vida”, de Sêneca (4 a.C? – 65. C.), foi o primeiro livro de Filosofia que li. Esse contato inicial com a obra, me cativou de imediato

  • DE BEATA VITA – SANTO AGOSTINHO:

    Por: Juliana Vannucchi “De beata vita” ou “Sobre a Vida Feliz” é um diálogo escrito por Santo Agostinho, no qual o filósofo dedica-se a refletir acerca da felicidade. Abaixo, disponibilizo algumas observações e resumos de alguns dos aspectos do texto que considero como sendo os de maior relevância.  Inicio minhas pontuações a partir do Capítulo

  • DEFESA DE SÓCRATES – PLATÃO:

    Por: Juliana Vannucchi Sócrates (469 a.C-399 a.C) foi um dos maiores filósofos da história do pensamento ocidental, e até hoje seu legado é amplamente estudado e discutido dentro e fora do meio acadêmico. O pensador grego, no entanto, não escreveu nenhum livro, e o que se conhece a respeito de sua vida e filosofia provém

  • CARTA A MENECEU – Epicuro:

    Por: Juliana Vannucchi Epicuro nasceu na ilha de Samos em 341 a.C e faleceu em Atenas, por volta de 271/270 a.C. Foi fundador do Epicurismo e um dos principais expoentes fo período da filosofia helenística. Durante sua juventude, inicialmente estudou filosofia com Pânfilo  e depois com Nausífanes de Téos até que, em 306 a.C, em

  • FEDRO (parte 2):

    Por: Juliana Vannucchi Introdução:  Fedro, provavelmente escrito em torno de 370 a.C é um importante diálogo platônico entre os personagens Sócrates e Fedro. Ao longo da obra, Platão discorre sobre vários assuntos, tal como o amor, a natureza da alma, a metempsicose, a retórica e outros. Este texto tem como finalidade apresentar um resumo do

  • A PESTE – Albert Camus:

      Por: Juliana Vannucchi (…) O Natal daquele ano foi mais a festa do Inferno do que do Evangelho (…) Ao lado de “O Estrangeiro” e “A Queda”, A Peste (publicada em 1947) é uma das principais obras literárias do pensador francês Albert Camus. A edição que li e que utilizei como referência para a

  • FEDRO (parte 1):

    Por: Juliana Vannucchi Introdução:  Fedro, provavelmente escrito em torno de 370 a.C é um importante diálogo platônico entre os personagens Sócrates e Fedro. Ao longo da obra, Platão discorre sobre vários assuntos, tal como o amor, a natureza da alma, a metempsicose, a retórica e outros. Este texto tem como finalidade apresentar um resumo do

  • O ANEL DE GIGES – PLATÃO:

    Por: Juliana Vannucchi O Anel de Giges é uma história que se encontra presente nos Livros II e III da obra A República, de Platão. Trata-se de um diálogo entre Glauco e Sócrates, no qual ambos refletem sobre a justiça e a injustiça. É válido mencionar que este referido tema que tange o contexto desta