• A NÁUSEA – JEAN-PAUL SARTRE:

    Por Pedro Bracciali A NÁUSEA – JEAN-PAUL SARTRE: Sábado, uns garotos estavam a atirar pedrinhas ao mar para as fazer saltar de ricochete, e pretendi atirar uma como eles. Nesse momento detive-me, deixei cair a pedra e fui-me embora. … Havia qualquer coisa que vi e que me repugnou, mas já não sei se estava