• AS QUATRO CAUSAS ARISTOTÉLICAS:

    Por: Juliana Vannucchi e Paulo Pedroso As “quatro causas” encontram-se presentes em um conjunto de escritos de Aristóteles, intitulados pelo filósofo grego de “Filosofia Primeira”, que posteriormente, após ter sido organizado por Andrônico de Rodes, ficou conhecido como “Metafísica”.      Nesta obra, Aristóteles empenhou-se especialmente em investigar “o ser enquanto ser“, ou seja, o ente em

  • AS DIFERENÇAS ENTRE METAFÍSICA E FÍSICA:

    Por: Juliana Vannucchi e Alessandro Olivieri A palavra “metafísica” é originária do termo grego “metàphysis“, sendo que “meta” pode ser traduzida como “além” ou “depois” e “physis” como “física” ou “natureza”. Sendo assim, pode-se entendê-la como “além da física” ou “depois da física”. Esse termo foi cunhado por Andrônico de Rodes (século I), que foi organizador

  • METAFÍSICA – Introdução:

    Por: Pedro Bracciali A palavra “Metafísica” tem sua origem quando Andrónico de Rodes (60 a.C), ao atribuir uma ordem nas obras de Aristóteles, colocou em primeiro lugar os livros de física e em seguida os livros que tratam da filosofia primeira, chamando-os de metafísica, ou seja, aqueles que estão detrás da física. Entretanto, essa denominação

  • ARQUEÓLOGOS ACREDITAM TER ENCONTRADO TÚMULO DE ARISTÓTELES:

    Por Andresa Camargo Quando uma equipe de arqueólogos gregos divulgou a notícia da descoberta do túmulo de um dos maiores filósofos da antiguidade, Aristóteles (384 a.C – 322 a.C), em Olympiada, Estagira, o mundo todo entrou em alvoroço. “Não temos provas, mas indícios muito fortes que beiram a certeza”, declarou o diretor das escavações, Konstantinos