• SOBRE A VONTADE:

    Por: Juliana Vannucchi O pensamento de Arthur Schopenhauer parte de dois princípios básicos fundamentais: Vontade e representação. Assim, para melhor compreender qualquer aspecto de sua vasta e rica filosofia, é relevante que esses dois pilares sejam devidamente compreendidos, uma vez que, de alguma forma, tais elementos estão sempre presentes nas obras do filósofo. Schopenhauer parte

  • O CONCEITO DE VONTADE NAS FILOSOFIAS DE A. SCHOPENHAUER E F. NIETZSCHE:

       Por: Alessandro Olivieri e Juliana Vannucchi Este texto busca apresentar as bases conceituais da Vontade, termo de imensa relevância nos contextos filosóficos de dois grandes pensadores: Arthur Schopenhauer (1788 -1860) e Friedrich Nietzsche (1844-1900). Para tal, são feitas algumas analogias que exploram tanto diferenças, quanto semelhanças entre os significados da Vontade.  O primeiro esclarecimento

  • A MANIFESTAÇÃO DA VONTADE NA FISIOLOGIA VEGETAL:

    Por: Juliana Vannucchi Um dos pilares da filosofia de Arthur Schopenhauer é ao conceito de Vontade que, resumidamente, pode ser compreendida como o princípio metafísico irracional e eterno, a “coisa em si” que se encontra, de maneiras distintas, presente em todos os elementos da natureza (tanto dos orgânicos quanto dos inorgânicos), através dos quais se